Página Aberta | Feira de Livros

DIA 08 | Sábado | 11h às 18h

 

Device Installation | OPEN CALL AGAINST FASCISM | From 11h to 18h. BRING YOUR BOOKS, PROJECTS, PHOTOS, FANZINES AGAINST FASCISM.

+ INFO

 

 

 

11h às 18h: Exposição: Coisas Pequenas | De Waldomiro Mugrelise | Curadoria de Lucas Kroeff  + INFO

 

 

 

13h às 17h:  PIQUENIQUE da Primeira dentição da n-1 edições

 

 

 

Intervenções pontuais  das 13h às 17h:  “ Palavras inscritas na cara”, de Ariane Vitale

 

Oficina coletiva  das 13h às 17h: Poesia dos problemas concretos –  Carimbos e Cartazes | Com: Coletivo Bijari+ todo mundo

+ INFO

 

 

13h: Leituras de cordéis vários:

“Negacionismos”, lido por sua autora Déborah Danowski

“Brasil, país do futuro do pretérito”, lido por seu autor Eduardo Viveiros de Castro

“Cuírlombismo Literário”, lido por sua autora Tatiana Nascimento

 

13h – 17h:  Intervenção: Híbrido – um devir vegetal, de Robson Catalunha

+ INFO

 

 

14h – 14h50: Encruzilhada | Com: Fragmento Urbano | Dir. Douglas Iesus | Elenco: Anelise Mayumi  | Douglas Iesus | Joelma Souza | Luiz Negresco | Tiago Silva

 

 

 

15h: Necropolítica Mix Intervenção Poética/Política | Com: Grupo Legítima Defesa (Dir. Eugênio Lima)

 

 

 

 

15h30: Lançamento livro “Preto”, de Grace Passô, Marcio Abreu e Nadja Naira,  Ed. Cobogó 2019

+ INFO

 

 

 

 

16h – 17h: DJ Mari Boaventura

 

16h: Leitura de cordéis vários: 

“Novos Espartaquismos” de Jonnefer Barbosa lido por ele mesmo

“Erotismo e Risco na Política” de Tatiana Roque, lido por Sonia Sobral

 

17h: Lançamento do livro Ensaios do Assombro, de Peter Pál Pelbart, Ed. n-1

+ INFO

 

 

 

17h30: Catiço, performance de Leonardo Nunes Colaboração: Lia Rodrigues

 

 

 

 

Um livro é como um mundo. Uma biblioteca são muitos e um livro é um, mas ambos são a mesma coisa. Infinitas palavras, leituras e interpretações. Uma cena aberta também é algo do mesmo tipo, seja um espetáculo gigante, ou performance mínima. Esta feira acontece na intersecção entre estes dois mundos. Esta feira também é uma cena aberta onde será possível encontrar textos, imagens, livros, fanzines , cordéis , pôsteres, programas, etceteras que falem em varias línguas sobre autores, leitores, diretores, atores, performers, criadores de todas partes que o mundo como cena aberta O que eles sabem ? o que eles podem? , do que eles falam? como eles fazem ? e o que silenciam? Presentes a corporeidade, e a performatividade. Foi porque nunca tivemos gramáticas, nem coleções de velhos vegetais. E nunca soubemos o que era urbano, suburbano, fronteiriço e continental. Preguiçosos no mapa-múndi do Brasil.

Uma consciência participante, uma rítmica religiosa.

Feira onde seja possível se perder e encontrar o procurado , arquitetar o desconhecido, descobrir o que não sabemos. Miríade de leitores e leituras junto a vastos saberes enredando-se. Lançamentos de textos novos, performances, oficinas, leituras, acontecem durante seus três dias.

Página Aberta | Feira de Livros

08 jun
11:00 - 18:00
Gratuito
Vão livre Praça das Artes
Av. São João, 281 - Centro - São Paulo - SP