Plataforma
Brasil Cena Aberta
Só me interessa o que não é meu.
Lei do homem.
Lei do antropófago.

Em 1928, Oswald de Andrade publicou o Manifesto Antropófago, extrapolando para o território cultural do Brasil o impulso antropofágico dos índios tupis e seu desejo de absorver do outro guerreiro, sua potência de vida. O manifesto ainda hoje, neste 2019, ano 465 da deglutição do Bispo Sardinha, invoca e mobiliza gestos contemporâneos que repensem os modos de produção, colaboração e da vida como um todo. O manifesto é o motor propulsor do Brasil Cena Aberta.

Só a antropofagia nos une.

Brasil Cena Aberta é uma plataforma que tem como objetivo digerir as posições tradicionais do mercado das artes efêmeras e reinventá-las em processo escancarado, encarnado, explícito!

Contra todos os importados de consciência enlatada. A existência palpável da vida.

Brasil Cena Aberta não tem como objetivo reduzir o fazer/criar/alucinar brasileiro a uma condição que possa ser exportada em formatos determinados, fechados e estanques. O projeto se propõe a ser uma plataforma feita do tempo do encontro e do espaço possível de ser ocupado. Tempo lugar onde seja possível parar e se deparar com o outro e, neste diálogo, estar juntos para pensar e ousar caminhos e perspectivas.

Deglutir a cidade e a convivência.

Brasil Cena Aberta é, antes de tudo, um convite para digerir os modos de habitar o mundo, descobrir e deglutir novos possíveis; tensionamento entre todos os tipos de corpos, “contra a realidade social, vestida e opressora”, movimento.

Digerir a memória como fonte de costume.

Brasil Cena Aberta é um encontro sem fronteiras definidas, com limites dinâmicos. Uma rede de afetos e seus efeitos. Um canteiro de obras. Bricolagem. Formas de reorganizar o já gasto e levar estes restos para longe desta ideia ultrapassada de internacionalização, muito longe desta globalização banalizada. Polinizar o mundo com outros modos de criar, outras operações. Campo de invenção e descoberta de estratégias ao mesmo tempo locais e globais.

Sempre na medida da Relação.

Brasil Cena Aberta incentiva e patrocina a construção de novos itinerários, colocando em cena aberta as relações entre artistas e programadores, construindo juntos este encontro e apostando na emergência de novos modos de existência. Aqui, a cultura é uma embaixada, uma mensagem de aproximação e uma troca entre viveres, para longe da ideia de país ou nação. Contra qualquer tentativa de colonização. A única nação instituída neste Brasil Cena Aberta é a imaginação.

Da equação eu parte do Cosmos ao axioma. Cosmos parte do eu. Subsistência. Conhecimento. Antropofagia.

Para a plataforma Brasil Cena Aberta também interessa o que não é meu, o que está para além da experiência do sujeito, o que o desloca de sua posição definida. Interessam as várias questões que desestruturam as regras e assentam o peso da germinação de novas potências.